Medicina

Quando procurar um Ortopedista?

Antes de tudo, é de suma importância enfatizar que as informações contidas aqui não substituem uma consulta com seu médico. Ele é o profissional com conhecimento e credenciamento para fazer diagnósticos e indicar o melhor tratamento. NÃO PARE POR AQUI, PROCURE SEU MÉDICO!

Ao sentir dores em qualquer parte do corpo, devo procurar por um médico ortopedista? E após uma queda ou lesão muscular? Ter conhecimento dessas informações é fundamental para que você saiba como agir em determinadas situações, buscando pela especialidade correta e otimizando o tempo de tratamento do paciente. Além disso, talvez, você até mesmo descubra que está precisando marcar uma consulta.

Todo mundo necessita ter um acompanhamento médico, independente de qual seja a especialidade médica. O que acontece atualmente é que, com rotinas atarefadas e recheadas de compromissos, a avaliação da saúde seja deixada de lado. Entretanto, tal contexto é um perigo!

Existem diversos problemas que, de início, costumam ser silenciosas e não apresentarem ser algo mais sério. Ao sentir uma dor frequente, por exemplo, muitas pessoas pensam que com o tempo ela vai acabar sarando. Porém, o ideal aqui é consultar com um ortopedista para investigar a origem a dor e tratá-la da maneira correta.

Ficou interessado neste assunto? Sendo assim, continue acompanhando este artigo e saiba tudo sobre o trabalho do ortopedista e, principalmente, quando você deve procurar um profissional.

O que é a ortopedia?

A ortopedia é uma especialidade médica responsável por acompanhar e analisar alterações, deformidades e patologias que afetam o nosso sistema locomotor, que envolve os músculos, ligamentos, ossos e articulações.

Portanto, podemos concluir que a ortopedia é uma especialidade que busca avaliar, diagnosticar e tratar todo o corpo. Isto porque as áreas estudadas pelo médico ortopedista compõe todo o corpo humano. Logo, independente de onde for a lesão ou trauma sofrido, deve-se procurar um profissional desta área.

Para atuar nesse ramo, a pessoa deve cursar medicina e fazer uma especialização em ortopedia, que dura, em média, de 2 a 3 anos.

O que o médico ortopedista faz?

O profissional ortopedista é responsável por diagnosticar e realizar o tratamento de problemas nas estruturas do sistema locomotor em geral, além de acompanhar as patologias que comprometem o funcionamento do organismo. 

Durante a consulta, os melhores médicos analisam o paciente de forma sistêmica. Ou seja, verificam hábitos comportamentais da pessoa, como o estilo de vida levado, hábitos alimentares, a qualidade do sono daquele paciente, se ele costuma praticar atividades físicas com frequência e outras condições. Assim, é possível identificar possíveis lesões, traumas ou até mesmo o que está causando dores, chegando até o foco real do problema.

Para auxiliar no diagnóstico, o médico ortopedista também pode solicitar alguns exames, sendo eles de imagem ou de rotina, além de ser responsável por prescrever tratamentos alternativos, prescrever medicamentos e indicar a realização de fisioterapia, por exemplo.

Na clínica Marcelo kodja Ortopedia, por exemplo, para diagnósticos cada vez mais assertivos, utilizamos um aparelho de ultrassom para realizar um exame de imagem. É ele quem fornece imagens precisas e, em muitos casos, ajudam a eliminar a necessidade de um tratamento através de procedimentos cirúrgicos.

Além disso, dependendo da formação do médico ortopedista, ele ainda pode possuir conhecimento e prática para realizar tratamentos que envolvem cirurgias, além de sanar problemas no joelho, coluna, quadril, ombros e até mesmo deformidades nos pés.

Quando procurar por um?

Quando surge uma dor, inchaço ou vermelhidão no corpo, é comum que o paciente espere um tempo antes de procurar por ajuda profissional. Isto porque, em alguns casos, é comum que, ao ser uma lesão ou trauma leve, os sintomas desapareçam com o tempo. Essa prática pode, inclusive, agravar a condição clínica do paciente e acabar ocasionando em tratamentos mais invasivos e onerosos.

É importante saber que não é comum sentir dor na coluna, joelhos, ossos, músculos ou nas articulações. O nosso corpo tem o costume de dar alguns sinais quando existe algo de errado acontecendo. É importante que você não espere os sintomas piorarem para procurar ajuda médica. Nestes casos, o recomendado é que você procure um médico ortopedista.

Sendo assim, não ignore os sintomas! Da mesma maneira que você procura um médico quando está doente ou apresenta sintomas desconfortáveis, você deve recorrer à um ortopedista assim que sentir qualquer sinal que indique a necessidade de consultar com um profissional especializado.

Como dito anteriormente, a ortopedia é responsável por tratar todo o corpo. Logo, é possível que o paciente possua problemas que não são perceptíveis a olho nu (como inchaços, regiões inflamadas etc). O diagnóstico tardio pode ser um grande problema! Isto porque o problema existente tende a evoluir e causar ainda mais complicações, como as doenças ortopédicas.

Confira agora outros sintomas que podem ser sinais de doenças ortopédicas! São eles que te alertam para a necessidade de consultar com um ortopedista:

  • Formigamentos;
  • Dores constantes;
  • Cansaço excessivo;
  • Rigidez dos músculos;
  • Queimação nas articulações;
  • Inchaços;
  • Postura inadequada ou deformidade na coluna;
  • Deformidade nos pés ou nos membros;
  • Tamanho desproporcional entre um membro e outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *