Uncategorized

O Perigo das Dietas

Quem quer emagrecer sempre vai em busca da dieta perfeita, aquela milagrosa que promete reduzir o peso em um período curto de tempo. Só que milagres não existem. Algumas dietas são perigosas porque fazem a pessoa perder peso muito rápido deixando o nível de colesterol alto. Antes de se aventurar por aí, procure um nutricionista.

Os nomes são muitos: dieta da lua, da sopa, da proteína, de South Beach, das frutas, dos sucos, de Beverlly Hills… Nenhuma dessas dietas radicais faz bem ao organismo. “Elas funcionam até um certo ponto, pois fazem a pessoa perder líquido nas primeiras semanas e desinchar. Passar fome é loucura! Quem deixa de comer um monte de coisas e depois volta a comer tudo novamente, engorda tudo outra vez. O estômago é elástico e o que deve ser feito é uma reeducação”

Dietas são individuais

Os nutricionistas não se cansam de dizer que a dieta de uma pessoa não serve para a outra. Mas por quê? É simples, todo regime precisa ser baseado nas informações que o paciente fornece. Para prescrever uma dieta, o nutricionista precisa saber se a pessoa é hipertensa, se tem colesterol alto, se faz exercícios, se tem prisão de ventre, quantas são suas horas de sono, entre outras informações.

De posse dessas respostas, o nutricionista consegue escolher o que é melhor para cada um. Para se emagrecer com saúde o ideal é perder um quilo por semana. “Perdendo peso de vagar, a pessoa emagrece com saúde e fica ainda mais motivada”.

Às vezes, o problema que leva a pessoa a engordar não está em comer errado ou comer demais. Está em fatores hormonais. “Pode acontecer de uma pessoa buscar a ajuda do nutricionista e não conseguir emagrecer com a dieta. Para investigar melhor, ela é encaminhada para o endocrinologista. Diante desse tratamento, ela consegue perder peso. O adulto também tem dificuldades em emagrecer porque seu metabolismo é mais lento”

Em resumo, o modelo mais seguro para perder peso com saúde é buscar ajuda profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *